Preso acusado de tráfico na comunidade Buraco do Boi, Barreto

Jonas - segundo a polícia - foi pego enquanto dormia na casa dos pais. Foto: Marcelo Feitosa

Homem é apontado pela polícia como gerente do tráfico de drogas da comunidade. Uma pistola, munição, cápsulas de cocaína e trouxinhas de maconha foram apreendidas

Agentes do 12º BPM (Niterói) prenderam em flagrante um homem apontado pela polícia como gerente do tráfico na comunidade conhecida como Buraco do Boi, no Barreto. Jonas Sampaio Gomes, de 23 anos, foi preso enquanto dormia na casa dos pais. Com o suspeito, os policiais disseram que encontraram uma pistola calibre 9 milímetros de fabricação israelense, 35 munições intactas, 285 cápsulas de cocaína e 165 trouxinhas de maconha. 
De acordo com os policiais, Jonas não possui passagens pela polícia, porém os militares não descartam a possibilidade dele ter participado da tentativa de assalto contra dois policiais militares no último dia 25, no Porto Velho, em São Gonçalo. 
Um dos policiais que estava internado no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), o cabo J. Vieira, teve a sua morte cerebral confirmada pelo Hospital. Já o Cabo Borges continua internado na unidade. Segundo a polícia, Jonas seria responsável pelo tráfico na parte de baixo da comunidade enquanto a parte de cima seria controlada por um traficante identificado como Gaguinho, que também lideraria o tráfico na favela da Coruja em Neves, São Gonçalo.
O caso – Os dois PMs do 12º BPM foram baleados na noite da última quinta-feira durante tentativa de assalto na Rua Maurício de Abreu, logo após deixar um amigo em casa. Os cabos J. Vieira e Borges estavam num Sandero que foi fechado por um Palio Weekend com três homens armados que anunciaram o assalto. Houve troca de tiros. O cabo J. Vieira foi atingido na cabeça e o cabo Borges foi baleado nas costas.

 O FLUMINENSE