Pedro II terá instalações no 4º GCAM e vagas aumentarão em 50%


 

Prefeito anunciou que investimento será de R$ 10 milhões. Com o anexo, o colégio federal que atualmente tem 610 alunos poderá passar dos mil estudantes

O campus Niterói do Colégio Pedro II ganhará um anexo, que vai funcionar na área do antigo 4º GCAM, no Barreto. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves que recebeu, na tarde da última terça-feira, a visita do reitor eleito da instituição federal de ensino, Oscar Halac; do diretor geral da unidade niteroiense, Marcelos de Carvalho Caldeira; e do pró-reitor de Gestão de Pessoas, Luiz Almério. O projeto de expansão da unidade já tem recursos liberados pelo governo federal no valor total de R$ 10 milhões.
A pedido do prefeito, o governo do Estado fará a cessão da área para o Pedro II construir as novas instalações. Com o anexo, o campus Niterói poderá ter um aumento de pelo menos 50% no número de vagas – atualmente, 610 alunos estudam na unidade.
“Poderemos aumentar o número de vagas e oferecer condições melhores para estudo e trabalho dos professores, com laboratórios, pequeno teatro, uma área esportiva melhor e poderemos até negociar, junto com a prefeitura, para oferecer cursos de línguas e abrir nossa área de esportes para a comunidade. Estamos abertos para qualquer parceria que a Prefeitura tenha interesse em fazer conosco”, explicou Marcelos de Carvalho Caldeira.
O prefeito Rodrigo Neves destacou a importância da parceria com o Colégio Pedro II e informou que o Barreto ganhará, em breve, um complexo de segurança e educação.
“Teremos naquele terreno uma área para a prática esportiva, outra para a Secretaria de Ordem Pública, com novas instalações para a Guarda Municipal, a nova delegacia do Barreto e a área de expansão do Pedro II. Nossa Secretaria de Educação está cuidando dessa parceria, assim como trouxe para a cidade o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ)”, disse o prefeito.
Desde 2006 Niterói conta com uma unidade do Colégio Pedro II, sendo o primeiro município fora da capital a receber um campus.
“A implantação do Pedro II foi um feito histórico para a educação de Niterói, por ser uma escola pública referenciada de qualidade no país. A unidade de Niterói tem se destacado pelo excelente desempenho de seus alunos. Sempre consideramos que a expansão do colégio fosse na área do Barreto e hoje estamos consolidando isso, a partir da recuperação dessa parceria e do diálogo. Para Niterói é muito bom termos esse corredor de instituições federais na cidade, como já temos a UFF e teremos o IFRJ e o Pedro II”, afirmou o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Waldeck Carneiro, que estava acompanhado do presidente da Fundação Municipal de Educação, José Henrique Antunes.


O FLUMINENSE