BLECAUTE EM NITERÓI



BLECAUTE EM NITERÓIUm blecaute deixou às escuras os bairros do Ingá, Icarai, Santa Rosa, Venda da Cruz e a Região Oceânica ontem à tarde. Estabelecimentos comerciais tiveram atividades prejudicadas. Alguns funcionaram com geradores de energia e outros, à luz de velas. A sessão plenária na Câmara de Vereadores começou atrasada e foi interrompida pela interrupção da energia.
Moradores sofreram com o calor em suas residências e tiveram aparelhos queimados, já que em vários bairros, houve instabilidade na energia.
Nas ruas, os semáforos não funcionaram e o trânsito ficou um caos, com grandes engarrafamentos no Centro, Ingá, Icaraí e Santa Rosa. Em ruas como a Visconde do Rio Branco, no Centro; a Presidente Domiciano, no Ingá; e na Praia de Icarai o tráfego parou, irritando os motoristas, que promoveram buzinaço. 
“A luz faltou seis vezes hoje (ontem). Faltava e voltava em cerca de três minutos. Na última demorou mais de 20 minutos. O meu filtro de água queimou. Vou levar reclamação na Ampla (concessionária de energia elétrica) para a empresa pagar o conserto”, reclamou o despachante André Luis Souza, de 42 anos, morador de Venda da Cruz.
A veterinária Lívia Munay, moradora de Piratininga, ficou sem luz por mais de três horas no bairro onde mora e trabalha. “A energia faltou por volta das 17 horas e até depois das 20h30min. Atrapalhou o atendimento aos animais e fiquei sem telefone. Não pude colocar o meu celular para carregar”, protestou Munay. 
A sessão plenária na Câmara mal começou e foi interrompida 10 minutos depois. Após quase uma hora de espera, os vereadores continuaram a sessão.
A Ampla informou que um problema na subestação do Ingá provocou a interrupção do fornecimento de energia em algumas ruas de Icaraí, Ingá e Centro na tarde de ontem. Parte da energia havia sido restabelecida no início da noite, mas na Região Oceânica o problema foi resolvido horas depois.


Por Anderson Carvalho A Tribunarj