PREFEITO RODRIGO NEVES DO "PT", VAI APOIAR CANDIDATO DO GOVERNADOR SERGIO CABRAL, ESTRANHO NÃO ?

Três dias após o PT fluminense promover encontro estadual lançando a pré-candidatura do senador Lindbergh Farias ao Governo do Estado, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PT), reuniu ontem à noite no Mercure Orizzonte Hotel, no Gragoatá, secretários municipais, vereadores e lideranças políticas,
comunitárias e empresariais em apoio à pré-candidatura do vice-governador Luiz Fernando de Souza, o Pezão (PMDB). A secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, e a assessora especial de Neves, Bárbara Siqueira, anunciaram desfiliação do PT para coordenar a pré-campanha de Pezão no município. A secretária Executiva da prefeitura, Maria Célia Vasconcellos, disse que vai se licenciar da legenda. 
“Político tem que ter posição. Tenho orgulho de ser do PT, ao qual sou filiado desde os 14 anos, mais tempo do que muita gente. Sempre tive coerência naquilo que a gente se propõe a fazer. Continuarei no PT. Pezão me ajudou muito na minha campanha para prefeito em 2012 e no primeiro ano difícil do meu governo. O Rio de Janeiro estava há anos isolado e sem receber investimentos. Sem política para saúde e segurança. Governador não tem que ser estrela da TV. Deve ter disposição para fazer. Isso o Pezão tem de sobra”, elogiou o prefeito. 
Em seu discurso, Pezão lembrou as realizações do Governo Sérgio Cabral nos últimos sete anos. “Quando assumimos em 2007, havia apenas 33 mil policiais e hoje há 47 mil. O orçamento estadual era de R$ 33 bilhões e hoje é de R$ 84 bilhões”, citou. Entre os presentes estavam ainda os vereadores Paulo Henrique (PPS), Pastor Ronaldo (PROS), Vítor Júnior (PT); o presidente da Fundação de Arte de Niterói, André Diniz e o da Fundação Municipal de Educação, José Henrique Antunes (estes do PT), o vice-prefeito Axel Grael (do PV) e o deputado federal Sérgio Zveiter (PSD).

Por Anderson Carvalho   ATribunaRJ