Barreto ganhará Unidade Municipal de Educação Infantil com 360 vagas






O prefeito da cidade e o secretário municipal de Educação, Ciência e 
Tecnologia, visitaram na tarde desta terça-feira (11/3) as obras de 
reforma do Ciep Jacy Pacheco, na comunidade Buraco do Boi, no Barreto.

O prefeito da cidade e o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia,
 visitaram na tarde desta terça-feira (11/3) as obras de reforma do Ciep 
Jacy Pacheco, na comunidade Buraco do Boi, no Barreto, na zona norte da cidade.
A escola foi municipalizada e está passando por uma reforma geral para ser 
transformada em uma UMEI (Unidade Municipal de Educação Infantil). 
As obras deverão estar concluídas no segundo semestre e a unidade começará 
a funcionar em agosto.
Serão oferecidas 360 vagas para crianças de três a dez anos. Além da educação
 infantil, a escola terá também ensino fundamental. A unidade contará com 16 
salas de aula climatizadas, cada uma com 20 a 25 alunos,  biblioteca, duas 
quadras sendo uma delas coberta, auditório. O investimento na obra é de 
R$ 3 milhões.
O prefeito afirmou que essa obra vem sendo reivindicada pela população há pelo
 menos 15 anos. A escola estava abandonada há mais de dez anos.
"A implantação desta unidade de educação infantil está dentro do programa 
Mais Infância. Serão atendidas 360 crianças. Com isso daremos mais um passo
 significativo no sentido de cumprir o compromisso com a população de Niterói,
 sobretudo dos mais humildes, de democratizar e garantir o acesso à educação
 infantil às nossas crianças e famílias mais pobres. Com esse investimento, 
vamos concluir uma primeira etapa de cobertura da educação infantil no Barreto",
 disse.
Em 14 meses, a atual administração da Prefeitura já inaugurou sete escolas. 
Segundo o prefeito, garantir uma oportunidade de futuro às crianças e jovens é 
uma das melhores formas de enfrentar a violência e a pobreza.
O secretário afirmou que a inauguração da nova escola é uma grande virada e 
vai mudar o paradigma da educação na região.
"Teremos um equipamento recuperado após mais de dez anos de abandono. 
Isso é fundamental. Essa região é uma área popular que careceu durante anos 
da presença do poder público e agora ganhará uma escola com padrão 
extraordinário com um nível mais qualificado do que era antes", explicou.