HOMEM DE 51 ANOS É PRESO NO MARÍTIMOS ACUSADO DE TER ABUSADO SEXUALMENTE DE SUA ENTEADA



Um homem de 51 anos foi preso nesta quarta-feira acusado de ter abusado sexualmente de sua enteada, hoje com 12 anos.

De acordo com o delegado José William de Medeiros, a prisão foi feita assim que o pedido de prisão foi aceito pela Justiça. 
“Apreendemos com ele um telefone celular com fotos da menina nua, e dos abusos que ele praticava. Esse material será enviado à Justiça e anexado ao inquérito”, declarou.
Os abusos, segundo a polícia, teriam começado quando a menina tinha apenas 10 anos de idade. Réu confesso, o homem foi capturado na noite desta terça-feira no Morro dos Marítimos, no Barreto. Contra ele havia um mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.
Para o policial, o que denunciou a série de estupros foi a prática do homem em dar seguidos presentes para a enteada. A prima dela perguntou um dia por que motivo ele gostava tanto dela e lhe presenteava sempre, ora com telefone celular ora com dinheiro e ela acabou contando sobre o que estava acontecendo. 
A mãe da menina foi alertada e procurou a delegacia para denunciar o padrasto da criança pelo o que estava acontecendo. 
Ainda segundo o delegado, ele mantinha um relacionamento de oito anos com a mãe da menina, mas permanecia morando em casas separadas. 
“Com o início dos abusos, ele passou a morar com a companheira para ficar mais tempo sozinho com a menina e poder abusá-la sexualmente, pois a mãe da jovem trabalha em escala de plantão, folgando um dia e trabalhando o outro. Ele aproveitava o dia em que a mulher trabalhava para cometer os abusos”, disse o delegado.
Questionado pela polícia sobre os motivos que o levaram a abusar sexualmente da enteada, o acusado respondeu: “Ela já é grande e é a minha namorada. Eu vou continuar amando. Eu me arrependo, mas ainda sou apaixonado por ela”. 
O réu confesso foi preso na noite desta terça-feira na Comunidade dos Marítimos, no bairro do Barreto, zona norte de Niterói, por agentes na 78ª DP (Fonseca)