INCÊNDIO DESTRÓI PARTE DO 4 G-CAM NO BARRETO

INCÊNDIO DESTRÓI PARTE DO 4º G-CAM
Um curto circuito numa fiação pode ter sido o causador do incêndio que atingiu o 4º Grupo de Companhias de Administração Militar (4º G-Cam), na Avenida Luiz Palmier, no Barreto, zona norte de Niterói, na manhã do último sábado.
Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram deslocadas ao local. Um homem, identificado como Sérgio de Souza, foi resgatado pela equipe dos Bombeiros e liberado. Segundo moradores e comerciantes, o incêndio que começou por volta de 6 horas e só não foi pior porque os carros alegóricos das escolas de samba de Niterói estavam em outro ponto do 4º G-Cam. A rua não precisou ser interditada porque os bombeiros conseguiram entrar no espaço para conter as chamas.
De acordo com moradores e comerciantes, um fio instalado num poste próximo ao local estaria pegando fogo, teria de desprendido do local, e tocado em algum objeto inflamável. Mesmo assim, de acordo com o delegado titular da 78ª DP (Fonseca), José William de Medeiros, o caso está sendo investigado. Ele aguarda o resultado dos laudos para saber a causa do incêndio.
A área do 4º G-Cam já teve diversas destinações. Ultimamente abrigou centenas de vítimas do desabamento do Morro do Bumba, que aconteceu em abril de 2010. Por meses, famílias viveram no antigo batalhão. Hoje em dia, serve de barracão para as escolas de samba de Niterói montarem suas alegorias. Há projeto para a instalação da futura Delegacia de Homicídios –  o início das obras –, da sede do colégio Pedro II e talvez o retorno da 80ª DP, tão pedida pelos moradores e associações do bairro.

Por Aline Balbino       Foto: Ivanildo Parreto      AtribunaRJ