OBRAS NA CONTORNO QUASE PRONTAS


CAMINHO QUASE LIVRE
Os motoristas que passam pela Avenida do Contorno, na altura do km 321, próximo ao estaleiro UTC, no Barreto, sentido Espírito Santo, veem uma montanha de pedras no lado direito da rodovia.

Isso é fruto do desmonte da rocha, que está sendo finalizado por empresas contratadas pela concessionária Autopista Fluminense, responsável pela via. Em fevereiro deste ano foram iniciadas obras de ampliação da capacidade da Avenida do Contorno, após a emissão das licenças e liberações necessárias. A conclusão das obras está prevista para fevereiro de 2015. 
Segundo a Autopista, 98% do montante da rocha já foi retirado e o serviço tem previsão de término até o fim deste mês. No trecho final da Contorno, próximo à Leroy Merlin, em Niterói, a concessionária já pavimentou 300 metros da via e, atualmente, trabalha na terraplanagem e instalação dos dispositivos de drenagem no trecho próximo ao prédio do Instituto Médico Legal. As pistas da rodovia estão sendo ampliadas e passarão de duas para três faixas de rolamento com acabamento. Trabalham no canteiro de obras 120 homens. 
Equipes trabalham na construção de elevado com 400 metros de extensão sobre a antiga Estação Ferroviária do Barreto. Os serviços de fundação do viaduto e a concretagem de todos os 24 pilares que darão apoio aos 11 vãos do elevado já foram finalizados. Sessenta e seis vigas, de 70 toneladas cada, irão compor o viaduto. Trinta vigas já foram instaladas e as demais estão sendo montadas e concretadas. O lançamento destas vigas está previsto para o primeiro semestre deste ano e não irá interferir no tráfego da rodovia. Serão utilizados mais de 4,6 mil metros cúbicos de concreto e cerca de 1.500 toneladas de aço na sua construção. Outro viaduto é construído sobre o UTC, no km 320,9, às margens da pista sentido Espírito Santo. 
A concessionária iniciou nova frente de obras no trecho próximo ao viaduto do Barreto, com o início da liberação da área do estaleiro Renave, às margens da pista sentido Niterói, que serão usadas nas obras de ampliação da via. Outra etapa em andamento é a limpeza do terreno às margens do Rio Maruí, sentido Niterói, onde será construída uma nova ponte no local. A Autopista entregou à comunidade Leopoldina, no entorno das obras, novo campo de futebol, com área de 2.400 metros quadrados, totalmente reformado pela concessionária. A concessionária deu início aos serviços de terraplanagem no entorno do antigo campo da comunidade Maruí Grande, às margens da pista sentido Espírito Santo, onde será construída uma praça de lazer além de um novo campo de futebol society para comunidade.

Por Raquel Morais       A tribuna