Engenhoca ganhará plataforma digital no Largo de São Jorge

A Plataforma da Engenhoca prevê a instalação de um cinema comunitário, jogos educacionais interativos, cursos de informática, robótica, inglês e edição de vídeo, fotografia. Foto: Divulgação

Trabalhos serão iniciados a partir do segundo semestre deste ano. Prefeitura marcou para próxima sexta-feira, dia 30, o processo de licitação para escolha da empresa responsável

Moradores do Largo São Jorge, na Engenhoca, Zona Norte de Niterói, aguardam com expectativa as obras de construção da Plataforma Urbana Digital da Educação, anunciadas pela Secretaria Municipal de Educação. 
Os trabalhos serão iniciados a partir do segundo semestre deste ano. A prefeitura marcou para a próxima sexta-feira, dia 30, o processo de licitação para escolha da empresa responsável pela obra. Cerca de R$ 5 milhões serão investidos.
A iniciativa faz parte do Programa Niterói Digital lançado pela prefeitura em junho do ano passado. O projeto tem como objetivo democratizar o acesso e o uso das tecnologias da informação e comunicação nas regiões e bairros populares do município. 
A Plataforma da Engenhoca prevê a instalação de um cinema comunitário, jogos educacionais interativos, cursos de informática, robótica, inglês e edição de vídeo, fotografia.
Segundo o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Luiz Andrade, as plataformas Urbanas Digitais da Educação foram concebidas como espaços educativos, culturais e de entretenimento, revestidos em uma arquitetura moderna ou futurista, mediados por recursos tecnológicos. A expectativa é que na Engenhoca tenha capacidade para atender cerca de 100 pessoas diariamente. 
 “Considerando o sucesso da primeira Plataforma Urbana  Digital da Educação do Maquinho, instalada no Morro do Palácio, a Plataforma da Engenhoca irá atrair vários segmentos da população deste bairro, especialmente a juventude”, ressalta o subsecretário.

Por: Chailon da Conceição   O Fluminense