TIROTEIO DE CADA DIA NO FONSECA


Moradores do Fonseca, mais especificamente das comunidades vizinhas do Santo Cristo e da Vila Ipiranga, não tiveram sossego no fim da noite de domingo, quando criminosos de facções rivais mais uma vez decidiram efetuar disparos uns contra os outros do alto das duas localidades, numa espécie de“tiro ao alvo”.

Habitantes das duas comunidades e de ruas adjacentes, como São Januário, Alzira Vargas, Tenente Osório e da Alameda São Boa Ventura denunciaram que os tiros de lado a lado permaneceram das 22 horas de domingo até à meia-noite, já no início da madrugada de ontem. Fontes policiais revelaram que o fato estaria ocorrendo com certa frequência e os criminosos de facções rivais – Vila Ipiranga (CV) e Santo Cristo (TCP) – em morros vizinhos se posicionam em pontos estratégicos e nas duas comunidades e passam a efetuar disparos uns na direção dos outros. Nessa “guerra” de provocações, os moradores da região é que ficam na linha de tiro. A equipe de investigação da 78ª DP (Fonseca) realiza um trabalho de levantamento e os criminosos apontados como líderes do tráfico nas comunidades naquele perímetro terão a prisão representada na justiça. Segundo fontes policiais, alguns deles já tiveram a prisão solicitada a justiça, tal como Pão com Ovo, apontado como líder do tráfico na comunidade Nova Brasília, e Ratinho, da Vila Ipiranga.

Por AtribunRJ