POLÍCIA CIVIL IDENTIFICA 50 LADRÕES EM NITERÓI

Agentes do setor de investigação da 76ª DP (Centro), trabalham em um levantamento que aponta os principais suspeitos de crimes praticados na região central de Niterói, entre eles os casos de roubos a transeuntes, furto a estabelecimentos comerciais, coletivos e roubos de carros.
Ao todo 50 pessoas são apontadas como suspeitas de ações e podem ter, ainda esta semana, mandados de prisão expedidos. O relatório também apontará as ruas e horários com maiores incidências onde os crimes são praticados. 
De acordo com o Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP-RJ), a comparação dos cinco primeiros meses deste ano com o mesmo período de 2013 aponta para um aumento nos casos de roubos a transeuntes e a coletivos. Segundo os dados, os pedestres são as vítimas preferidas dos criminosos. Somente este ano foram registrados 478 casos contra 394 de 2013, o que representa elevação de 21,3% nas ocorrências. Já os casos de roubos a coletivos mostram uma ligeira alta. Este ano foram registrados 55 casos contra 50 do mesmo período do ano passado, alta de 10%.
Os investigadores também apontam para um aumento de casos de furtos em estabelecimento comerciais. Entre os suspeitos já identificados, muitos foram flagrados em circuitos de segurança das lojas, cujas imagens foram analisadas pelos policiais. Existem casos também de crimes praticados no interior de coletivos que, apesar de apontaram queda de 20% nos seus registros, também foram coletadas os vídeos e a identificação destes criminosos pode acontecer ainda esta semana.
Para o delegado Gláucio Paz, titular da delegacia do Centro, o mapeamento das ações criminosas ajudará na prisão dos identificados.
“É um levantamento detalhado, muitos não praticam apenas um crime e podem ser reconhecidos em outros casos. Estamos analisando os maiores registros da delegacia e como estes bandidos agem”, disse.
Ainda segundo os investigadores, pelo menos 10 suspeitos já foram presos, entre eles “medalhões” do Morro do Estado, tais como “Redbull” e “Munrá”

Por AtribunaRJ