Faetec e Rio 2016 assinam acordo que garante empregos para alunos da rede nas Olimpíadas


Cerca de 25 mil alunos da Fundação terão oportunidade de trabalhar com profissionais da área e ainda poderão ser aproveitados pelas empresas logo após os Jogos.

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, assinou hoje (24/06), o Acordo de Cooperação Técnica entre o governo do estado, através da Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O acordo visa garantir que a FAETEC estabeleça uma parceria estratégica com o Rio 2016 para a geração de mão de obra especializada para as Olimpíadas.
Durante o evento, o governador Pezão anunciou o objetivo da ação que visa ampliar ainda mais a oferta de geração de emprego e renda no Estado.
– Sempre me preocupei muito com empregos, pois com empregos os problemas diminuem. Logo, esta iniciativa de dar oportunidade aos alunos da FAETEC vai transformar a vida dos selecionados e de suas famílias. Essa é a maior oportunidade que um trabalhador precisa para decolar na carreira escolhida. A iniciativa irá ajudar o Rio a se solidificar como um destino de eventos e negócios com mão de obra especializada – destacou o governador.
A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio da FAETEC, irá disponibilizar um banco de dados com o cadastro de alunos dos 46 cursos pré-selecionados para que passem pelo processo seletivo do Rio 2016. Para o secretário, Gustavo Tutuca essa é a oportunidade perfeita para quem deseja ingressar no mercado de trabalho.
– Um dos maiores legados dos Jogos Olímpicos é que o Rio de Janeiro vai firmar-se como um dois principais polos do setor de Turismo no mundo. Portanto, a FAETEC terá a oportunidade de treinar e empregar alunos de formações ligadas às áreas de Hospitalidade e Lazer e Serviços, dando a chance para que esses jovens tenham, muitas vezes, seu primeiro emprego – afirmou o secretário.
Segundo o presidente da FAETEC, Wagner Victer, os estudantes e formandos de diversos cursos da Fundação, principalmente oriundos de unidades instaladas em comunidades com UPPs, terão oportunidade de concorrer a uma das 85 mil de empregos que serão geradas durante os Jogos, em empresas que serão contratadas pelo Rio 2016.
– Esta não é apenas a primeira oportunidade para muitos nos nossos alunos, mas também a chance de trabalhar no maior evento esportivo do mundo, ou seja, este é o maior currículo que alguém pode ter. Estamos muito focados neste projeto que deve garantir o emprego de cerca de 25 mil alunos da FAETEC nos Jogos Olímpicos – explicou Victer.
Alguns dos cursos que poderão fazer parte do acordo são, por exemplo, os de Almoxarife Assistente, Assistente de Operação de Logística, Auxiliar de Cozinha, Bartender, Camareira em meios de Hospedagem, Confeiteiro, Cozinheiro, Garçom, Governanta em Meios de Hospedagem, Padeiro, Técnico em Hospedagem, Técnico em Eventos e Técnico em Cozinha, entre outros.
O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, garantiu que os selecionados que se destacarem durante os preparativos para os Jogos Olímpicos e também durante toda a competição poderão ser aproveitados pelo mercado.
 – Se tem um setor em que percebemos um déficit é o de Serviços, e com esse acordo assinado hoje, além dos alunos da FAETEC estarem suprindo essa necessidade, terão ainda acesso a um dos mais importantes legados, a empregabilidade, fundamental para que esses jovens sigam suas profissões – ressaltou Nuzman.
Também participaram da cerimônia o secretário de Estado da Casa Civil, Leonardo Espíndola; o secretário de Trabalho e Renda, Arolde de Oliveira; o diretor geral do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Sidney Levy, e o diretor executivo de Operações do Rio 2016, Rodrigo Tostes.