Falta de segurança no Horto do Barreto preocupa moradores

Resultado de imagem para horto Palmir silva

Moradores do Barreto reclamam da falta de policiamento no bairro principalmente no entorno do Parque Municipal Palmir Silva, conhecido popularmente apenas como Horto do Barreto, na Avenida Luiz Palmier, Zona Norte de Niterói. A Polícia Militar prepara para os próximos dias um relatório para apontar as reais necessidade de policiamento no local.
Segundo informações de funcionários do horto, o patrulhamento ocorre 24 horas por dia com um guarda municipal, porém frequentadores do espaço não acham suficiente esse apoio. “Até o meio-dia a movimentação é grande, as pessoas usam os aparelhos de ginástica, fazem atividades como caminhadas e dança, por exemplo. Mas à tarde o local fica praticamente vazio e é muito perigoso. Eu não vou até o final do horto sozinha, pois é muito deserto”, comentou a vendedora Sandra Ferreira, 56 anos.
Para a dona de casa Andrea Silva, 38 anos, o espaço público merecia mais policiamento. “Acho que deveriam disponibilizar policiais militares para fazer rondas no horto. Eu não me sinto segura aqui dentro e se acontecer algo teremos que esperar alguém da entrada do parque fazer algo. A distância atrapalharia qualquer grito de socorro”, explicou. 
Outra reclamação dos frequentadores do horto é em relação ao Morro dos Marítimos, que fica próximo ao final do parque. “Já ouvimos tiros, já ficamos trancados em uma sala de dança e na direção das paredes, para tentar se proteger dos disparos. Com certeza precisamos de mais policiamento”, reforçou Sandra. 
O subcomandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Major Guimarães, já está elaborando o relatório. “Estamos revendo todo o planejamento e a ideia é aplicar o policiamento mais criteriosamente possível em cima da mancha criminal, através de mapeamento de crime por local e horário. Após esse relatório, nos próximos dias, vai ser aplicado um policiamento específico para a área em questão”, declarou. Já a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) informou que está estudando ampliação de medidas para a atuação operacional da 4ª Inspetoria Regional, com sede no horto, com o objetivo da Guarda Municipal estender e intensificar o patrulhamento e ações de visibilidade nos bairros do Fonseca e do Barreto, em ações que contarão também com Polícia Militar.

Por  Raquel Morais      AtribunaRj