Guerra pelo controle do tráfico no Marítimos deixa vítima morta com vários tiros


Foto: Júlio Silva
A guerra entre traficantes de facções rivais voltou a deixar marcas de sangue na Zona Norte de Niterói. Na madrugada desta quarta-feira (8), o corpo de uma mulher foi encontrado em um dos acessos ao Morro dos Marítimos.
A vítima, com idade entre 20 e 25 anos, apresentava marcas de tiros em várias partes do corpo. Testemunhas afirmaram que durante a madrugada foram ouvidas rajadas de tiros no interior da comunidade.

A morte da mulher é investigada pela Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG). O delegado Fábio Barucke, titular da especializada, disse que até o final da tarde desta quarta, a vítima havia sido identificada apenas como Rafaela.

“Há informações que ela seja namorada do traficante conhecido como Neguinho”, declarou o delegado.

O corpo de Rafaela foi encontrado por moradores de região que acionaram a Polícia Militar. Segundo a DH, imagens das câmeras de segurança do comércio local devem ser requisitadas para auxiliar as investigações.

O cadáver foi removido do local por volta das 3h30 por homens da Defesa Civil de Niterói. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, onde aguarda por liberação de familiares.

Segundo a Polícia Militar, há quase um mês, traficantes das facções rivais entraram em guerra pelo controle da venda de drogas nos Marítimos. Segundo a especializada, pelo menos sete mortes já foram registradas na região durante esses confrontos.
Por Anderson Justino   O Fluminense