Projeto escolar de aluna do Henrique Lage, evolui para virar empreendimento


Aos 21 anos, Laura Beatriz Oliveira Rodrigues se prepara para se tornar empresária. O primeiro passo nessa direção ocorreu quando a edição de julho da Revista de Propriedade Intelectual publicou o requerimento de viabilidade técnica e ineditismo do projeto do Refrigerador Solar criado por Laura, etapa inicial para o registro de patente da invenção. Ela ambiciona, em uma década, produzir e comercializar o produto através de sua própria empresa.
“Pretendo focar no segmento de conservação de vacinas, remédios e alimentos em regiões desabastecidas de energia elétrica, como áreas indígenas”, conta a jovem pesquisadora, formada em Eletrotécnica na Escola Estadual Henrique Lage, em Niterói.
A ideia surgiu ainda estudante do ensino técnico, quando Laura e outras duas colegas começaram a desenvolver o Ecobebedouro, aparelho portátil de resfriamento de água utilizando energia solar. O trabalho ganhou prêmios e chegou a representar o Brasil na Expo-Science International, feira internacional sobre Ciência, Tecnologia e Sustentabilidade, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, em 2013.
Mesmo depois de ingressar na Faculdade de Ciência Ambiental, na Universidade Federal Fluminense, Laura continuou a aprimorar o protótipo, até ser aceita da Incubadora de Empresas Tecnológicas (IETEC/Cefet). Com o status de “pré-incubada”, a empresa de Laura conta com assessoria de outra firma em etapa adiantada, a Wings, que atua como mentora no processo de estruturação do negócio.
O caminho é longo. A previsão para a obtenção do registro de patente pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial gira em torno de quatro anos. Enquanto isso, a futura empresária investe no aperfeiçoamento de seu plano de negócios nas aulas do curso Minor de Empreendedorismo e Inovação, também na UFF, sem deixar de lado novas pesquisas. O último reconhecimento chegou em forma de publicação do perfil de Laura no capítulo Jovens investigadores, da revisa Divulgación – Inovación el la enseñanza de las ciencias, publicação apoiada pela Comunidade Europeia de Educação da Ciência e Fundação Espanhola para a Ciência e Tecnologia.
Por Redação Barreto OnLine                   Fonte: Faetec