Byron Football club

Byron Football club – Niterói / RJ

Byron Football Club.png


Foi um dos maiores clubes do esporte fluminense pré-fusão com o Estado da Guanabara. Surgiu em um terreno alugado da Fábrica Manufatora de Tecidos, e seu nome, inspirado no poeta inglês Lord Byron, foi uma homenagem aos britânicos da fábrica.
Seu uniforme era vermelho com uma cruz branca e seu maior rival o Barreto Football Club, clube da Fábrica Fiat Lux de Fósforos de Segurança.
Sua sede, salão de festas, quadra poliesportiva e campo de futebol ficavam na Rua Dr. March.
O jogador da Seleção Brasileira Zizinho iniciou-se no futebol nas categorias de base do Byron.
Sua decadência se iniciou em 1950, quando uma após briga judicial, foi despejado do terreno onde estava instalado, já que a fábrica formara o seu próprio time, denominado Manufatora Atlético Clube, posteriormente mudado para Associação Desportiva Niterói. O Manufatora simplesmente ficou com tudo o que o Byron construiu no terreno alugado.
Enfraquecido, enfrentou duas mudanças de sede, culminando por abandonar o futebol, em 1953, vindo a se dedicar apenas ao boxe, basquete e eventos sociais.
Em 1978, a sede foi derrubada para a ampliação da BR-101, e seus sócios decidiram não reerguê-lo em outro local, encerrando uma história de mais de 60 anos.
Venceu os campeonatos da AFDT (1917), LSF (1922, 1924, 1925), ANEA (1928) e LNF (1934), este último na era profissional, além de inúmeros títulos de quadros inferiores e categorias de base.